Metas

•  Através do atendimento integral do aluno, quanto aos aspectos afetivo e emocional, (físico e cognitivo), favorecer o desenvolvimento de suas potencialidades no sentido de:

– Desenvolver sua capacidade de criação, comunicação, expressão, senso crítico estimulando os múltiplos talentos;

– Respeitar o aluno nas suas diferenças individuais, sua criatividade, iniciativa e afetividade e o próprio caminho para o conhecimento;

– Selecionar os conteúdos, buscando o núcleo central do conhecimento, onde prevaleça a qualidade sobre a quantidade de informações;

– Organizar sua conduta social, permitindo-lhe uma visão crítica da sociedade contemporânea para que atue na comunidade apoiado numa disciplina comunitária e solidária;

– Desenvolver habilidades como, autoconsciência, motivação para persistir diante das dificuldades, controle dos impulsos, equilíbrio na tomada de decisões, na administração de conflitos como forma de integração na sociedade, para que possa atuar como elemento de transformação;

– Favorecer mecanismos para a melhoria do desempenho do aluno, utilizando modernas técnicas de ensino e avaliações mediadoras, onde educar seja mais importante que avaliar, e estejam presentes as diferenças individuais entre alunos, os caminhos próprios para descoberta, os aspectos afetivos, criatividade e iniciativa;

– Criar mecanismos de capacitação e valorização do professor, facilitador da aprendizagem, permitindo-lhe o domínio de novas técnicas de ensino que o levem a explorar ao máximo os recursos didáticos oferecidos pelo Colégio Irmã Maria Montenegro, tornando suas aulas mais dinâmicas e motivadas;

– Que o processo de avaliação traga referências à perspectiva qualitativa, onde deixe de ser um processo meramente técnico e seja uma variável da tarefa pedagógica.

Dinamização da ação do aluno através de metodologia participativa para o exercício consciente da cidadania, onde possa:

– Ter uma consciência solidária, de cooperação e integração social;

– Estar integrado à sua realidade social (contextualização);

– Desenvolver capacidade de diálogo, atitudes morais e éticas, intelectuais dentro do espaço social;

– Perceber a importância dos valores éticos, sociais e morais para a formação de um cidadão íntegro crítico e participativo.

•  Educação do aluno em igualdade de condições e oportunidades para que ele possa agir na sociedade, no sentido de:

– Formar um cidadão crítico, reflexivo, e participativo;

– Discutir alternativas de valores para sua vida e sociedade onde está inserido;

– Questionar os valores de uma sociedade competitiva e excludente;

– Assegurar o preparo intelectual necessário para inseri-lo no mercado de trabalho como forma de transformar e melhorar a sua vida.

•  Trabalhar o aluno na mudança de seu perfil social através de:

– Desenvolvimento de atitude científica, favorecendo a compreensão dos fundamentos científico-tecnológicos dos processos produtivos, relacionando a teoria com a prática no ensino de cada disciplina.

– Seu aprimoramento como pessoa humana, incluindo a formação ética, o desenvolvimento da autonomia intelectual e do pensamento crítico;

– Preparar para o trabalho, incentivar o procedimento de estudo superior para continuar aprendendo, de modo a ser capaz de se adaptar com flexibilidade às novas condições de ocupação ou aperfeiçoamento superior.

•  Incorporação de valores básicos que criem condições para a atuação do aluno na comunidade, como elemento de mudanças a partir de:

– Estimular atividades esportivas, educacionais e culturais;

– Desenvolver estratégias que integram a escola à sociedade;

– Incentivar a comunidade escolar nas atividades pedagógicas e outras afins;

– Melhorar o convívio, a comunicação entre os elementos envolvidos no ensino aprendizagem para a construção de objetivos comuns;

•  Adotar metodologias de ensino e de avaliação que permitam:

– Reconhecimento das formas contemporâneas de linguagem.

– Domínios dos princípios científicos e tecnológicos;

– Domínio dos conhecimentos de filosofia e sociologia necessários ao exercício da cidadania.